domingo, 25 de julho de 2010



“Sou um móbile solto no furacão, qualquer calmaria me dá solidão”


Sim, me sinto desta forma nos últimos tempos, esperando algo acontecer, claro que não estou aceitando problemas, estou dispensando, mas a calmaria referente a falta de novidades positivas nos últimos tempos, tem me deixado solitária, e não é aquela solidão de quem sente falta de alguém, é aquela solidão de sente que falta algo.
Para aumentar a complexidade do meu ser, eu não sei exatamente o que me falta, ou talvez até saiba, as questões profissionais costumar mexer mais comigo do que questões sentimentais.
Apesar da estabilidade, que todo mundo almeja, as vezes nos deparamos com o engessamento do serviço público, porque não adianta você quere desenvolver um trabalho bacana, tem que ter paciência pra saber esperar a ‘agilidade’ das coisas, e paciência para aturar pessoas que estão por lá não por mérito intelectual, mas por questões que mesmo após muitas indagações que nos levam a tentar desvendar a questão, não conseguimos entender.
Para trabalhar e não se jogar no poço da mediocridade temos que respirar, e como quem tentasse nadar em meio a lama, pegar fôlego no ar puro para não se tornar aquilo que tanto detesta.
Busco hoje a aprovação em outro concurso público, quero crer que apesar das dificuldades que irei encontrar em qualquer lugar público ou privado que eu vá, ainda é possível trabalhar para se chegar a um denominador comum, preciso pensar assim, porque a calmaria que me envolve precisa dar lugar a trabalhos e realizações onde as dificuldades só serão parte de uma montanha a se escalar.
Não sei ser medíocre, e isso as vezes me faz sofrer!!

terça-feira, 6 de julho de 2010

AINDA NO CLIMA DA COPA

AINDA NO CLIMA DA COPA, E DA DERROTA DE 4 DA ARGENTINA, PORQUE NADA MAIS CONFORTANTE DEPOIS DE SAIR DA COPA DO QUE VER A ARGENTINA PERDENDO.  E NADA MAIS ENGRAÇADO DO QUE ESSE BEBÊ QUE CHORA COM GOL DA ARGENTINA.
video

sábado, 3 de julho de 2010

Pois é, não deu
Deixa assim como está sereno




Tenho que confessar que depois da escalação oficial não cheguei a colocar fé na seleção canarinho não, mas é aquela coisa , se tinhamos aquele time, era pra ele que tinhamos que torcer, e apesar da maioria ser ilustres deconhecidos, comecei a aprender o nome de cada um e mesmo bem longe da África do Sul, eu gritava por eles a cada jogo.
Não deu o Hexa dessa vez, sempre quis que ganhasse, mas depois do jogo contra o chile me enchi de esperança, então é logico que dá uma decepção ver o Brasil voltar pra casa, mas eles fizeram o que podiam, e jogar pedra na equipe não vai dar a taça do mundo pra gente, então agora é esperar por 2014, quem sabe um hexa em casa, e quem sabe, o grito de campeão engasgado desde a copa de 50 é liberada em 2014!!
Agora é ver quem vai ser o campeão e torcer pra Maradona não levar essa!!